Beach Class Magazine


As vantagens e as desvantagens de se exercitar pela manhã

Voltar Por David Marcelino

Existem explicações científicas para aqueles hábitos que consideramos tão estranhos das pessoas que acordam antes do sol aparecer ou só vão para a cama ao amanhecer. E quando falamos de exercício físico, esses hábitos são considerados ainda mais importantes, já que podem afetar diretamente na performance.

 


Exercitar-se de manhã ajuda, inclusive, a criar uma rotina mais saudável (Foto: Divulgação)

 

Alguns estudos indicam vantagens e desvantagens na prática de exercício nos diferentes períodos do dia. Porém, Luis Franco Banfonte, secretário-geral da Federação Espanhola de Esportes, ressalta que, no que diz respeito ao metabolismo e à fisiologia, se a intenção é manter o peso, o mais recomendado é que os exercícios sejam praticados em horários distantes dos momentos das refeições. Sendo assim, do ponto de vista dele, o melhor é praticar esportes nas primeiras horas da manhã.

 

A atividade física praticada logo cedo também ajuda a estabelecer uma rotina de exercícios mais sólida já que ocorre antes dos compromissos e horários de trabalho de grande parte das pessoas. Inclusive, vários estudos científicos dão força à ideia de que ao se exercitar de manhã você tem mais benefícios.

 


Exercitar-se pela manhã ajuda em sua disposição e bom humor (Foto: Divulgação)

 

Se você trabalhar a sua mobilidade, como, por exemplo, quando vai de bicicleta para o trabalho, alguns hormônios e neurotransmissores, como as conhecidas endorfinas, farão você se sentir melhor, com mais disposição e de bom humor. Dessa maneira, a pessoa começa melhor o dia, não só no que diz respeito ao psicológico, mas também ao fisiológico.

 

Mas, como a maior parte das coisas, também há um lado negativo. Durante a manhã, a temperatura do corpo tende a estar mais baixa, o que aumenta o risco de lesões e pode reduzir o desempenho de quem pratica atividade física, seja ela qual for.

 


A hora de dormir influencia diretamente em sua performance de exercícios físicos (Foto: Divulgação)

 

Os atletas profissionais têm o hábito de dividir as suas sessões de exercício ao longo do dia para diminuir o risco de baixa da performance. Ao que parece, a hora de dormir possui um papel fundamental nisso tudo. Dependendo do horário em que se vai para a cama, o auge de sua performance muda drasticamente.

 

Mas existe um denominador comum de todos os estudos e pesquisas: independente do horário em que é praticado, praticar algum exercício é muito melhor do que o sedentarismo. Vá em frente!

 

 

 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Cristais são tendência na busca de bem estar e energias renovadas

Técnica de relaxamento leva gatos para as aulas de yoga

Tênis une esporte e saúde em uma só modalidade