Beach Class Magazine


A importância da fluência do inglês no sucesso do seu negócio

Voltar Por David Marcelino

De acordo com uma pesquisa realizada pela British Council, no Brasil, a língua inglesa ainda é bem pouco difundida. Segundo os dados  somente  5% dos brasileiros falam o idioma, e menos de 3% possui fluência no mesmo.

 


Falar inglês é um diferencial não só para o funcionário, mas para a empresa também (Foto: Divulgação)

 

Um outro estudo, feito pela Education First Corporate Language Learning Solutions, aponta que 75% das empresas brasileiras consideram o uso de inglês muito útil no cotidiano de suas organizações, contudo, esta também é a porcentagem de empresários que perdem oportunidades de negócios por consequência da falta de comunicação e problemas em expressões específicas do mundo corporativo.

 

O domínio da língua inglesa é inexistente em diversos níveis hierárquicos, não é só nos mais baixos. Pesquisa realizada com 100 diretores de Recursos Humanos no território nacional mostra que, entre eles, 20% dos entrevistados dizem ter nível avançado, 45% nível intermediário e 35% dos entrevistados têm nível básico ou nenhum conhecimento, ainda que 80% tenham afirmando que a fluência do idioma é imprescindível para os negócios.

 


Uma boa saída é a empresa promover aulas dentro do próprio ambiente de trabalho (Foto: Divulgação)

 

Se mesmo entre os cargos mais altos - gerência e direção - o nível de fluência em inglês é muito abaixo do esperado, como motivar o seu efetivo para estudar uma segunda língua? Existem dados que mostram quanto o Brasil deixou de ganhar pela ineficiência na comunicação e os resultados são alarmantes: ano passado, estima-se que foram U$22,5 bilhões.

 

Um exemplo óbvio de como a comunicação ineficaz pode arruinar os negócios é o da empresa japonesa Sharp. Em um anúncio em relação ao faturamento do semestre, a empresa disse estar com “sérias dúvidas” sobre seu futuro, o que fez, imediatamente, as ações terem uma redução de 10%. Entretanto, a incerteza nas finanças da organização era só o resultado de um erro de tradução. Ainda que as ações tenham voltado a subir, o estrago já tinha sido feito.

 


Outra saída é oferecer bolsas de estudo ou reembolsos para que o funcionário se capacite (Foto: Divulgação)

 

Existem algumas atitudes que as empresas  que podem tomar para aumentar a fluência de outro idioma entre os seus colaboradores são: o reembolso total ou parcial dos gastos com estudo de inglês, ofertas de bolsas de estudos, minicursos e workshops dentro das próprias empresas, maiores bonificações para empregados com domínio da língua, entre outras. Estas ações são boas para os dois os lados: os funcionários, com o crescimento profissional, e as companhias, com uma maior rede de negócios.



 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Aplicativo de compartilhamento de bikes pode ser o novo Uber

Bem vinda ao Brasil nova geração da Apple TV 4K

Aplicativo de transporte exclusivo para mulheres já funciona em Santos