Beach Class Magazine


Os alimentos e as suas influências em uma boa noite de sono

Voltar Por David Marcelino

Um em cada três indivíduos sofre com a insônia em algum momento de sua vida, e grande parte deles tem problemas menores para dormir uma vez ou outra. Os problemas para adormecer ou para se manter dormindo – ou as duas coisas – se deve a vários fatores, que podem ser estresse, preocupações e até alimentos ingeridos, item que está entre os motivo para várias questões:

 


Os alimentos podem interferir diretamente em sua noite de sono (Foto: Divulgação)

 

Por que algumas insumos te dão sono e, em contrapartida, outros te despertam? É verdade que comer muito à noite dá pesadelos? Ou que leite morno ajuda a dormir? Separamos o que é fatos do que é ficção para ver se algumas mudanças na dieta podem garantir ou não boas noites de sono.

 

O chá de camomila tem fama de ser um bom remédio para problemas com o sono. Pesquisadores apontam que ele aumenta o nível de glicina no corpo, que um relaxante muscular. O de valeriana costumava ser receitado contra a insônia desde os tempos da Roma antiga. Acreditavam que a bebida reduzia o tempo levado para atingir o sono e melhorava a qualidade dele.

 


O chá de camomila é famoso por seus benefícios ao sono (Foto: Divulgação)

 

O leite contém melatonina, um conhecido hormônio que ajuda a aumentar a vontade de continuar dormindo, mas não há indícios concretos de que tenha um impacto significativo sobre os níveis de melatonina do corpo. A bebida também contém triptófano. Se consumida com cereal, vai receber os benefícios deste indutor de sono, já que resultará em uma mistura de proteínas e carboidratos que os conduzirão mais rapidamente ao cérebro.

 

Pesquisas bem atuais mostram que o período do dia em que você come pode afetar diretamente o seu sono. Todos nós temos um relógio interno que monitora a hora do dia e, pelo que parece, um "relógio alimentício" que fica por dentro de das refeições. Um estudo indica que, quando um rato come em horários irregulares, o relógio de seu corpo se desajusta.

 


O leite morno é uma das receitas dos tempos das vovós (Foto: Divulgação)

 

Dormir faz parte de uma rotina, sendo assim, ter padrões regulares de alimentação ajudará com que seja mais fácil descansar durante a noite. É uma boa ideia jantar umas quatro horas antes de se deitar e estabelecer um ritual de tomar chá de ervas antes de ir dormir.

 

A cafeína pode interferir diretamente no processo de dormir ou evitar que o sono atinja o nível profundo. Todos temos variáveis diferentes de tolerância à cafeína, mas se você está sentindo dificuldade para dormir, evite tomar café à noite e talvez até de tarde.

 


O café, não é novidade para ninguém, deve ser evitado (Foto: Divulgação)

 

E, acreditem se quiser, banhos quentes podem ajudar a dormir, pois a temperatura de seu corpo cai rapidamente depois deles.



 

Gostou? Veja o que separamos para você:

A suavidade da argila branca na Argiloterapia

Os caminhos para manter uma alimentação saudável comendo fora de casa

Cuide de seus cabelos e assuma os seus cachos