Beach Class Magazine


Museu de Pesca, a opção santista para os amantes do mundo marinho

Voltar Por David Marcelino

O Museu de Pesca de Santos é uma instituição que desenvolve ações científico-culturais referente a preservação e utilização dos recursos marinhos. Nasceu a partir das ruínas do antigo Forte Augusto que sediou, inicialmente, a Escola de Aprendizes-Marinheiros, depois uma Escola de Pesca até seu propósito atual.

 

museu-ed.jpg
O Museu de Pesca expõe animais marinhos após processo de taxidermia (Foto: Divulgação)

 

Sua construção é datada do ano de 1734. Em 07 de abril de 1998, o prédio foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico e, mais recentemente, em 2014, foi realizado uma reforma que propiciou sua abertura ao público já nos formatos atuais.

 

No universo cultural, o museu tem as funções mais diversas e envolventes. Uma ideia de guardar memória seduz as pessoas e as direcionam à procura de registros, dos antigos aos novos, guiando-as ao campo dos museus, onde as portas se abrem mais e mais. A museologia é, na atualidade, passada para frente como uma prática a serviço da vida.

 

A função atual do Museu de Pesca é a exposição de animais marinhos que passaram pelo processo de taxidermia como esqueletos, conchas, coleção de areias, para que assim fossem conservadas ao máximo suas características naturais. Porém suas atividades não se restringem apenas ao entretenimento.

 

museu-da-pesca-santos-sp-foto-demian-topel.jpg
O esqueleto de baleia é a maior atração do Museu de Pesca (Foto: Divulgação)

 

O Museu de Pesca tem um significado muito mais amplo para a cidade, que pode ser analisado através de seu passado, mediante todo histórico e todas as transformações sofridas mantendo a essência viva das origens de um Patrimônio Histórico, pois através desse passado é que a população tem a percepção do quanto é importante esse edifício para sua cidade.

 

Museu é o local onde sensações, ideias e imagens de pronto irradiadas por objetos e referenciais que estão reunidos iluminam valores essenciais para a humanidade. Um espaço fascinante onde é possível fazer descobertas e agregar aprendendizado, nele o conhecimento se amplia e se aprofunda a consciência da identidade, da solidariedade e da partilha.

 

Um dos marcos mais importantes do Museu de Pesca ocorreu em 1942 quando uma das maiores atrações foi anexada ao acervo, a ossada de uma Baleia Fin (Balaenoptera physalus), encontrada na cidade de Peruíbe. Foram necessárias transformações no ambiente do prédio devido o fato da ossada possuir um peso de 7 toneladas e 23 metros de comprimento.

002.jpg
O Museu de Pesca expõe várias espécies marinhas (Foto: Divulgação)

 

 

Através dos museus, a vida social recupera a dimensão humana que se perde na pressa das horas. As cidades encontram o reflexo que lhes revele o turbilhão do cotidiano. E cada pessoa acolhida por um museu acaba por conhecer mais sobre si mesma.

 

O Museu de Pesca fica na Avenida Bartolomeu de Gusmão, 192 , na Ponta da Praia, em Santos. Para mais informações, ligue em 13 3261 5260.



 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Costa anuncia programação de cruzeiros temáticos e saídas premium

Projeto "Muretas na Cidade" está de volta aos jardins da praia de Santos  

Bike Santos, entenda como funciona e saia pedalando por aí