Beach Class Magazine


Domingo é dia de“Tango na Rua” na praia

Voltar Por David Marcelino

Especialistas dizem que o tango surgiu nos guetos de Buenos Aires, no final do século XIX.  E, gradativamente, alcançou caiu no gosto popular com as primeiras letras do cantor Carlos Gardel até conquistar os salões de festas e as ruas, onde acontecem as tradicionais milongas. O ritmo que é um símbolo de nossos hermanos, não é de hoje, já atrai adeptos em todo o Brasil. Este é o caso da ação itinerante ?Tango na Rua?, que chega à Santos hoje, domingo, dia 29 de outubro.

 

15401170_757348521084885_6873804105620133814_n.jpg
A rua também é lugar de tango (Foto: Divulgação)

 

Com inspiração vinda das milongas que sempre ocorreram em grandes cidades, como Lisboa, Londres, Nova York, além de Buenos Aires, a iniciativa quer levar às pessoas a oportunidade de se arriscar descontraidamente nos passos da dança. O projeto pretende ocupar os espaços públicos com esses bailes, que normalmente acontecem em lugares fechados. Em vários lugares do mundo é normal ver pessoas dançando na  rua. Por que não aqui?

 

A ideia surgiu em 2009 por meio do advogado Jairo Braz de Souza e, rapidamente, a ação conquistou os dançarinos Valéria Garcia Rodrigues, Adriana Nogueira e Sandro Ramos. Juntando as forças, eles deram continuidade aos encontros que acontecem, desde 2012, em frente ao Parque Trianon, na Avenida Paulista, em São Paulo, depois de passar um bom tempo sendo realizados no Brooklin, Zona Sul da cidade.

 

onde-assistir-tango-na-rua-buenos-aires1.jpg
O tango é uma dança originária da Argentina (Foto: Divulgação)

 

Logo após o fundador do movimento não poder continuar realizando os encontros, Adriana e os demais integrantes pensaram em manter viva essa cultura em um lugar com mais visibilidade e notoriedade. Uma das integrantes, inclusive, começou a dançar tango depois que conhecer a ação.

 

Para reforçar o clima, o trio busca sempre um músico que possa oferecer um repertório novo para ser tocado ao vivo ou em equipamentos eletrônicos, tanto faz.  E o convidado é sempre um elemento surpresa das apresentações. Um dos grupos que, normalmente, os acompanha é o Trio Jogando Tango, formado pelo argentino Juan Pablo Ferrero (violão), e pelos brasileiros, Ricardo Pesce (acordeom) e Vinicius Pereira (contrabaixo).

 

18193928_838241279662275_8424709994051223895_n.jpg
Edição anterior do “Tango na Rua” (Foto: Helyana Manso)

 

Os encontros acontecem, geralmente, uma vez por mês, em lugares públicos da região central de São Paulo. O trio já planeja expandir a iniciativa para outras cidade. O evento deste domingo é uma realização do Sesc Santos e acontecerá na praia, entre o Canal 3 e a Avenida Conselheiro Nébias, das 10 às 14 horas. Para mais informações ligue: 13 3278 9800.


 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Na Vertical, do diretor francês Alain Guiraudie, está em cartaz em Santos  

Valongo Festival Internacional da Imagem acontece em outubro

Tarrafa Literária fará a edição mais brasileira de sua história