Beach Class Magazine


Taekwondo, a arte marcial coreana que ganhou o mundo

Voltar Por David Marcelino

O taekwondo, ou taekwon-do, é uma arte marcial que nasceu na Coréia por volta do século VII. A tradução que se faz do termo é “caminho dos pés, das mãos e do espírito”, significado que revela a proposta de desenvolvimento integral de quem pratica.

150123328-1.png
O taekwondo é uma arte marcial, uma luta e uma atividade física nascida na Coreia (Foto: Divulgação)

Durante muito tempo, a arte do taekwondo foi difundida por toda a Coréia. Até que, no início do século XX, o Japão invadiu e ocupou o país. Com a ideia de ampliar o seu domínio sobre a população coreana, os japoneses introduziram várias de suas peculiaridades culturais, como a língua, a música e a também as vestimentas. Nesse período, o taekwondo chegou a ser excluído para ser substituído pelo karatê.

Atualmente trata-se de um esporte difundido em todos os continentes. Nos Jogos Olímpicos de 1988, teve seu "batismo de fogo", quando foi um convidado para exibição, continuando com este status em Barcelona, em 1992. E em 1993 foi adicionado ao programa olímpico oficial, integrando o programa a partir dos Jogos Olímpicos de 2000, em Sidney, na Austrália.

aulastaekwondo.jpg
A prática do taekwondo é indicada à todas as idades (Foto: Divulgação)

 

Acredita-se que a arte marcial tenha chegado ao Brasil em 1970. Porém, esse dado não possui exatidão, uma vez que o primeiro campeonato brasileiro dessa modalidade só ocorreu em 1973. Tudo indica que o local onde o taekwondo foi introduzido foi também a primeira academia voltada ao ensino da luta, onde hoje funciona a sede da Federação Paulista de Taekwondo, no bairro da Liberdade, na cidade de São Paulo.

 

A santista Larissa Rubino pratica taekwondo há seis anos. Fez a sua primeira aula há convite de um amigo e nunca mais parou. Hoje ela treina cinco dias por semana na Equipe Fênix Taekwondo, em Santos. “O taekwondo me traz melhora no condicionamento físico, auxilia no meu fortalecimento muscular, emagrecimento, postura e além dos fatores físicos posso dizer também que contribui para que eu seja uma pessoa responsável, educada e determinada, analisa ela.

 

Larissa Rubino.jpg
A santista Larissa Rubino pratica taekwondo há seis anos (Foto: Acervo Pessoal)

 

No que diz respeito a competições ela é enfática em dizer que todos deveriam participar de uma pelo menos uma vez na vida. “A experiência sentida na competição é algo totalmente diferente das aulas. Mesmo treinando na mesma intensidade que a competição exige nesse dia outros fatores influenciam no seu desempenho como: nervosismo e ansiedade. Em resumo adorei o desafio e sugiro que outras pessoas”.

 

Para quem quiser conhecer mais, a Equipe Fênix Academia de Taekwondo fica na Avenida Afonso Pena, 383, no Estuário, em Santos. Para mais informações, ligue: 13 3017 5518.

 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Lagom, o estilo de vida sueco que promete uma vida equilibrada e feliz  

Slow Food, um estilo de vida saudável e sustentável  

Os 50 anos viraram os novos 30