Beach Class Magazine


II Valongo Festival Internacional da Imagem acontece em outubro

Voltar Por David Marcelino

Tudo pronto para a segunda edição do Valongo Festival Internacional da Imagem. O evento, realizado pelo Estúdio Madalena, de São Paulo, volta à Santos entre os dias 4 e 8 de outubro, trazendo exposições, palestras e workshops. A curadoria das mostras é responsabilidade do espanhol Horacio Fernández.

 

018.jpg
Iatã Cannabrava e Thamyres Matarozzi realizam, em Santos, o II Valongo Festival Internacional da Imagem (Foto: Divulgação)

 

A desgastada arquitetura do bairro do Valongo, no centro de Santos, camufla um passado glorioso da região. No início dos anos 1900, eram as famílias mais abastadas da cidade que moravam nos casarões que, anos mais tarde, foram testemunhas da derrocada que se abateu sobre a área portuária.  E foi essa história que chamou a atenção dos fotógrafos Iatã Cannabrava e Thamyres Matarozzi, idealizadores do Valongo Festival Internacional da Imagem.

 

Nesta edição, o festival defende o tema “Aberto para Obras”. A intenção é fazer uma alusão contrária ao comum aviso que encontramos por todo o país, indicando os locais que estão fechados para reformas. A proposta é que os artistas se inspirem em projetos de construção de identidade nacional nos tempos em que vivemos, de crise moral e econômica. Todos os trabalhos mostram, de alguma forma, a problemática brasileira que estamos enfrentando.

 

Mesmo com o orçamento menor do que o da primeira edição, em 2016, já têm algumas exposições já acertadas para o evento, como os fotógrafos Cristina de Middel, Bruno Morais, Antonio Julio Duarte e Patricia Almeida.

 

trip-09-17-valongo-festival-galeria-2.jpg
Das reflexões do projeto ‘Excessocenus’ (Foto: Cristina de Middel)

 

A fotógrafa Cristina de Middel, da Espanha, está entre as convidadas para participar desta reflexão que a Mostra propõe. Junto com Bruno Morais, ela apresenta o projeto Excessocenus, onde aborda os excessos e desperdícios tão marcantes na atualidade e de que jeito a forma que vivemos podem impactar o futuro.

 

O trabalho de Antonio Julio Duarte, de Portugal é uma representação da riqueza da China, tendo como ponto de partida dos palácios do sexo, dos jogos, do êxito e do dinheiro das grandes cidades.


Em contrapartida, Patricia Almeida traz um olhar indignado, tanto no âmbito público quanto privado, como se gritasse “basta já”. É como uma necessidade de mudança de modelo e o compromisso com os protestos tomando forma nos espaços cobertos de mensagens tachadas e sublinhadas.

foto-facebook-valongo-festival-internacional-da-imagem-santos-780x350.jpg
Montagem da exposição (Foto: Reprodução/ Facebook)

O evento tem entrada gratuita e acontece na Casa da Frontaria Azulejada - Rua do Comércio, 92, Centro, Santos - e nos Arcos do Valongo - Rua Comendador Neto, 3, Centro Histórico, Santos. Para mais informações, acesse: www.valongo.com


 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Tarrafa Literária fará a edição mais brasileira de sua história

Festival Geek beneficente rola no Sesc Santos em setembro  

Mostra Itinerante da 32ª Bienal de São Paulo está em Santos