Beach Class Magazine


Slow Food, um estilo de vida saudável e sustentável

Voltar Por David Marcelino

Fortalecendo a ideia da alimentação com prazer, mas com responsabilidade sócio-ambiental, o Slow Food é um estilo de vida que vem de encontro com o ritmo acelerado de vida da maioria das pessoas nos dias atuais: o ritmo fast food, que preza pela rapidez e não a qualidade.

 

image_proxy.jpg
O Slow Food tem como teoria comer com prazer (Foto: Divulgação)

 

O Slow Food - ou seja, comida limpa e boa - é um movimento que envolve a sustentabilidade, a preservação do meio ambiente e ações sociais que contribuam para o aumento da qualidade de vida da sociedade. Segundo  o conceito, o que comemos deve ser gostoso, produzido de uma forma limpa, e não prejudicial ao meio ambiente.

 

Comer é uma necessidade básica para se viver. A forma com que decidimos nos alimentar tem uma influência direta em tudo o que nos rodeia; seja na paisagem, na biodiversidade da terra e até nas suas tradições. Um autêntico gastrônomo não consegue ignorar as fortes relações entre o que colocamos no prato e o que acontece no planeta. Além disso, melhorar a qualidade da nossa alimentação e encontrar tempo para saborear, é uma forma simples de transformar o nosso cotidiano em algo mais prazeroso. Está aí a filosofia.

 

15COOKING-CASSOULET-master1050.jpg
Slow Cooker Cassoulet (Foto: Craig Lee)

 

Carlo Petrini fundou o Slow Food em 1986 e em 1989 o movimento tornou uma associação internacional sem fins lucrativos. Atualmente conta com mais de 100.000 membros com sedes em países como a Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido. O princípio básico dessa filosofia é o direito ao prazer da alimentação, fazendo uso de produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto os produtores.

 

Vinte anos depois do seu surgimento, o conceito, finalmente, chegou à todos os continentes do mundo em 2006. Nutricionista acreditam que, no mundo, tem cada vez mais pessoas que se preocupando com a sua dieta alimentar e que reconhecem a importância de seguir um lifestyle saudável.

 

sandwich-498379_960_720-620x420.jpg
A filosofia do Slow Food nos ensina a valorizar o sabor dos alimentos (Foto: Reprodução/ Pinterest)


 

No entanto, devido ao desequilíbrio provocado pelo rápido desenvolvimento econômico mundial, a maior parte da população parece ter esquecido os hábitos tradicionais da gastronomia. Neste sentido, a ideia do Slow Food pode levar cada vez mais pessoas a entenderem a importância dos alimentos orgânicos.


 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Os 50 anos viraram os novos 30

Equilíbrio, agilidade e resistência: saiba mais sobre o Crossfit

Tai Chi Chuan, a prática milenar que une atividade física e meditação