Beach Class Magazine


Acabe com as estrias com a Carboxiterapia

Voltar Por David Marcelino

Elas são um terror para as mulheres. Se os temidos "risquinhos" surgem na pele, o desespero é imediato. Esta afecção gera uma aparência desagradável que afeta diretamente a autoestima feminina.  E a grande dúvida é: como acabar com as estrias?

 

Carboxiterapia-620x330.jpg
Na Carboxiterapia é aplicado CO² na camada subcutânea da pele (Foto: Divulgação)

 

As estrias nada mais são que rompimentos das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, que é formada por colágeno e elastina. Essa ruptura acontece, normalmente, em função de um estiramento que vai além do que a elasticidade da pele pode aguentar. Isso acontece, em casos mais comuns, no estirão puberal, durante a gravidez e ganho de peso em excesso em regiões específicas como as mamas, coxas e nádegas.

 

Se as estrias ainda estão avermelhadas, é sinal de que ainda estão em processo inflamatório, isto é, no começo, e este é o momento propício para iniciar um tratamento, com garantia de melhores resultados. Se nada for feito, em pouco tempo, as estrias se tornam esbranquiçadas e o resultado fica comprometido,  atrelado ao nível da afecção.

 

carboxi-2.png
Processo da Carboxiterapia (Foto: Divulgação)

 

Hidratação na pele também é um meio eficiente de prevenir e amenizar as marcas, mas quando a patologia já está instaurada, não tem jeito, é preciso combater com tratamentos estéticos. Um desses é a Carboxiterapia.

 

A carboxiterapia é um processo invasivo que através de uma agulha bem pequena realiza a aplicação subcutânea do gás carbônico (CO²). Ao injetar o gás, o corpo entende a ausência do oxigênio (), o que leva a um aumento da concentração de oxigênio tecidual, estimulando o metabolismo das células e promovendo uma melhoria da circulação sanguínea. O gás provoca um processo inflamatório no local injetado, o que estimula a produção de colágeno e elastina, contribuindo para a melhora do aspecto das estrias na pele.

 

estrias1.jpg
Antes e depois da carboxiterapia (Foto: Divulgação)

 

A indicação é que sejam realizadas, em média, 10 sessões com intervalos de 72 horas. Mas vai depender região tratada e de uma avaliação profissional.  

 

contra indicação: mulheres grávidas ou durante a fase de amamentação não devem passar por esse processo, ainda mais se o objetivo for tirar as estrias dos seios. O preço médio por  cada sessão para estrias é de aproximadamente R$ 150.


 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Beleza aliada à natureza: conheça os cosméticos veganos e orgânicos  

Derma House, a referência santista em tratamentos estéticos

Realce o seu olhar com o alongamento de cílios