Beach Class Magazine


Os benefícios e os riscos da bichectomia

Voltar Por David Marcelino

Se te perguntassem o que Angelina Jolie, Kim Kardashian, Megan Fox e Victoria Beckham têm em comum, o que você responderia? Talvez você citasse a fama ou a pomposa conta bancária, mas saiba que, além desses quesitos, elas são conhecidas por terem sido submetidas à um procedimento chamado bichectomia, que consiste na diminuição das bochechas de acordo com o desejo do paciente.

 

bichectomia-div.jpg

No procedimento cirúrgico são retiradas as bolas de bichat, um acúmulo de gordura das bochechas (Foto: Reprodução/ Pinterest)

 

A finalidade pode ser estética, com o objetivo de deixar o rosto mais fino e delineado; ou funcional, para reduzir as mordidas involuntárias na parte interna das bochechas, que costumam causar aftas enormes e bem doloridas. A cirurgia é realizada, na mucosa, na parte interna da boca, na altura dos dentes molares superiores e não deixa cicatriz externa, ou perceptível.

 

Segundo a Dra. Bianca Ohana, formada em cirurgia plástica pelo INCA e pós graduada na ASPC/ USA, a cirurgia é mais simples do que parece. A incisão é minúscula e a anestesia é apenas local, o que permite que o procedimento seja realizado em consultório odontológico. O objetivo é remover um acúmulo de gorduras das bochechas, chamado de Bola de Bichat ou Corpo Adiposo de Bichat.


 

kimkarddiv.jpg

O antes e depois de Kim Kardashian (Fotos: Reprodução/ Instagram)

 

Ela ressalta que, como em todas cirurgias, existem alguns riscos como sangramento e infecções e outros, menos frequentes como lesão de nervo e estruturas adjacentes, assimetria da face e ressecção em excesso . Para evitar que esses problemas aconteçam, é imprescindível na escolha do médico. O ideal é que o profissional tenha, além de referência, experiência.

 

A Bola de Bichat, localizada entre os músculos masseter e bucinador, tem um importante papel, durante a fase de amamentação. Ela impede que as bochechas do recém-nascido se unam enquanto ele suga o leite materno, além de proteger, os ramos bucais, do nervo facial. Por isso todo bebê é bochechudo. Contudo, após a infância, essa gordura não tem mais função fisiológica.

 

bichectomia-megan-fox-0217-140xx800.jpg

O antes e depois da atriz Megan Fox (Evan Agostini/ Frazer Harrison/ Getty Images)

 

O procedimento dura, por volta, de uma hora e a recuperação, mais ou menos, uma semana. Entretanto existem contraindicações: pacientes com dismorfia corporal, quem tem excesso de flacidez na região ou, obviamente, quem não tem as bolas de bichat proeminente.

 

E, sim, o efeito pode não ser definitivo. Caso o paciente engorde, é possível que as bochechas voltem ao tamanho anterior, pois, não é raro ficar alguma gordura residual na região tratada.

 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Maquiagem com efeito matte: Aprenda a usar ao seu favor

Deu branco: conheça o Pixie Blond, novo corte do momento

Alie-se as tranças na transição capilar