Beach Class Magazine


Junto com o inverno, o tricô invade a decoração

Voltar Por David Marcelino

Das mãos das vovós diretamente para casas mais modernas e descoladas ao redor do mundo. O inverno chegou e, com o frio, trouxe a nova tendência desta estação. É uma realidade: o tricô está tomando conta do universo da decoração. Além da beleza estética, dão um clima de aconchego aos ambientes e têm se transformado em sinônimo de bom gosto.

Puff, por Claire-Anne O'Brien (Foto: Reprodução/ Pinterest)

 

Sim, não é de hoje que a beleza e o colorido do tricô vêm fazendo bonito. Engana-se quem acha que ele não pode ser contemporâneo. Basta um pouco de técnica e criatividade para a sua casa ter a decoração no estilo que você bem quiser. O já tão conhecido trabalho manual está sendo bastante utilizado por designers de interiores e simpatizantes do ‘faça você mesmo’ como o protagonista em diversos produtos Nada escapa, são almofadas, luminárias, pufes, mantas para cama ou sofá ou acessórios. O pufe acima é assinado pela artista Claire-Anne O’Brien.

 

Esta é uma forma bastante elegante de utilizar as mantas conhecidas como maxi tricôs
(Foto: Divulgação/ Ohhio)

Dentre as diferentes peças que têm se destacado estão a incrível manta maxi tricôs, feitas com uma trama de lã especial, mais grossa, usando o braço como ‘agulhas’.

É importante lembrar que tricô feito de lã são recomendados para regiões mais frias, pois tende a esquentar bastante o corpo. Já o fio de malha, por ser mais fino, é ideal tanto para cidades mais quentes e até para praias. E além desses materiais, também é possível utilizar corda, tecidos de lycra além é claro, da lã merino.

Associadas a aconchego e leveza, as tramas saem do armário e passam a decorar o lar
(Foto: Reprodução/ Pinterest)

Para que você que ficou com vontade de tentar criar suas próprias peças, fica aqui uma dica da artista ucraniana Ohhio: “é só querer”. Mãos à obra!

 

Gostou? Veja o que separamos para você:

As garrafas de bebidas em destaque na decoração da casa

A fase de morar sozinho: a experiência de viver em uma república

Elementos decorativos inspirados na música