Beach Class Magazine


MAQUIAGEM COM EFEITO MATTE: APRENDA A USAR AO SEU FAVOR

Voltar Por Bruna Carvalho

Os poros dilatados, o brilho em excesso, a tendência à acne, e, o aspecto congestionado, são características de uma pele oleosa. Além dos cuidados obrigatórios de uma rotina básica de higienização de pele, que incluem lavar, esfoliar, tonificar, hidratar, e proteger com filtro solar, outra alternativa para disfarçar esse efeito, é por meio de uma maquiagem matte.

Camisetas com frases

Foto: Reprodução/Pinterest

Segundo a dermatologista Dra. Claudia Marçal, o paciente sofre muito com suas características e tem a vontade de lavar o rosto o tempo todo -- o que pode piorar a situação. "Além disso, erroneamente, ele tem a sensação que a pele não precisa de hidratação", completa. "Mas é possível controlar a oleosidade e o brilho do rosto de maneira simples, com uso de ingredientes dermocosméticos adequados", esclarece Silvana Masiero, farmacêutica e diretora de desenvolvimento da Under Skin.

Os produtos de resultado matificado atuam de forma que mascara a oleosidade da pele, mas tome cuidado, pois caso a hidratação seja esquecida, você corre o risco de ficar com aspecto craquelado. “Isso pode ser ocasionado pelo excesso de produto na pele ou por ressecamento. Para isso não acontecer eu evito ao máximo fazer camadas e camadas de produtos”, explica a maquiadora Danielle Lopes.

Resultado de imagem para maquiagem craquelada

Foto: Reprodução/ Pinterest

Com o avanço do mercado de cosméticos e da democratização da beleza, muitos tipos de maquiagem têm surgido ao longo dos anos. Um deles que tem feito muito sucesso, é o strobing, que consiste em iluminar os pontos mais “torneados” do rosto. Essa técnica é complementar ao contorno, pois enquanto as cores mais escuras diminuem determinadas áreas do rosto – como o efeito de emagrecer as bochechas -, ao iluminar aproximamos e aumentamos as áreas marcadas.

“Eu aplico em cima das maçãs do rosto. Quando quero brilhar bastante, aplico nas têmporas também. E com que restou de produto no pincel, passo um pouco no topo do nariz e no "arco do cupido" da boca. Tem que tomar muito cuidado com testa, nariz, bochecha e queixo. Se passar muito iluminador nessas áreas pode acabar dando um efeito de suor e não de iluminação, recomenda Danielle.

Maquillaje

Foto: Reprodução/Pinterest

Anotou todas as dicas, e recomendações das especialistas? Agora é só colocar tudo em prática, e sair brilhando por aí – desde que seja pelo viço da pele, e não por causa da oleosidade!

 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Deu branco: conheça o Pixie Blond, novo corte do momento

Alie-se as tranças na transição capilar

CK Studio: um novo conceito de beleza e bem estar