Beach Class Magazine


CONSUMO CONSCIENTE É CARACTERÍSTICA DE LOJA INDIANA EM SANTOS

Voltar Por Bruna Carvalho

Em um mundo onde grandes empresas como a Target e H&M precisam assinar um acordo de segurança como o de Bangladesh - que resguarda os direitos dos trabalhadores -, o consumo que não fere os direitos humanos, e dos animais, torna-se de suma importância. Uma das empresas que atuam com essa consciência social, mas que não deixa de lado a exclusividade e beleza das peças é a Lakshmi Estilo de Viver.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Foto: Reprodução/Facebook Lakshmi

A loja foi criada em Santos, no ano de 2013, por Walter Armellei Jr e Andrea Armellei, que administram pessoalmente a loja física, e o e-commerce da marca. A identificação com a cultura oriental que eles têm, vem desde a década de 70, e intensificou-se ainda mais, quando fizeram a primeira visita à Índia no final dos anos 90. Por isso, eles dizem que trabalhar com artigos e produtos relacionados ao hinduísmo, confunde-se com a história de vida do casal.

O período em que Walter teve vida monástica na Índia beneficiou os negócios, uma vez que eles adquirem peças que nenhum turista, ou fornecedor consegue, permitindo que eles conhecessem a fundo a confecção dos produtos. A gente faz questão de conhecer o artesão, porque a gente quer saber a energia com que fabrica faz o produto. Então a gente filma, e posta nas redes sociais. Mostramos o rosto do deles para as nossas clientes, e também, fotos delas usando as peças, o que traz mais proximidade para a relação”, afirma Andrea.

A imagem pode conter: 3 pessoas, selfie, barba e close-up

Os criadores da loja, Walter Armellei Jr e Andrea Armellei, em visita à Índia. Foto: Reprodução/Facebook Lakshmi

São com essas e outras inspirações que eles selecionam artigos indianos, com o objetivo de despertar a sensibilidade e a beleza interna, por meio de experiências sinestésicas. Por exemplo, uma japamala só pode ser feita por um brâmane - que é um sacerdote na Índia. Nós temos vídeo dele fazendo as japamalas. Isso traz toda a religiosidade, espiritualidade, e proteção para quem usa. Não é só um acessório devocional, feminino, ou de luxo. É todo um acessório de proteção criado de uma maneira que tem um ritual, um modo certo de ser feito, que tem uma simbologia, explica.

Além disso, outra preocupação é a de banhar as peças no Rio Ganges antes de trazerem para o Brasil. “Não é só se preocupar em trazer o produto para vender, a gente se preocupa em fazer bem para a cliente, a gente se preocupa que a nossa cliente saia da loja mais feliz do que quando ela entrou, esse é o nosso princípio. E que as nossas peças façam a diferença na vida delas”, complementa.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Foto: Reprodução/Facebook Lakshmi

O acervo da loja conta com artigos aromáticos indianos como incensos e incensários, óleos essenciais e perfumes, além de bolsas, produtos para saúde & beleza, itens de decoração como móveis e almofadas, artefatos devocionais, papelaria, e peças de vestuário. A proprietária garante que um cliente sempre recebe uma instrução sobre a história e os efeitos no momento da compra.

A Lakshimi – Estilo de Viver funciona na Rua Dr. Lincoln Feliciano – nº 117 (Boqueirão). O estabelecimento possui estacionamento no local, e atende de segunda a sexta-feira das 11h às 19h, e aos sábados das 14h às 18h. O endereço do e-commerce é http://www.produtosindianos.com.br, mais informações nos telefones (13)996072475 e (13)30361313.

 

Gostou? Veja o que separamos para você:

Representatividade racial na indústria de sapatos

Liniker e a liberdade da moda sem gênero

A moda futurista aos seus pés