Beach Class Magazine


Organização: ato ou efeito de organizar(-se)

Voltar Por Ana Júlia Luz

Para algumas pessoas, organização é sinônimo de necessidade. Estudos coordenados pelo Dr. Euripedes Constantino Miguel, psiquiatra especialista no assunto, ajudam a compreender as diferenças entre quem sofre de Transtorno obsessivo-compulsivo (distúrbio psiquiátrico de ansiedade, cuja principal característica é a presença de crises recorrentes de obsessões e compulsões) e uma pessoa organizada, que se sente mais produtiva quando tudo está no lugar.

 

organizar

 

Com base no estudo, vejamos alguns exemplos cotidianos de uma pessoa organizada: O dia começa cedo. Qual a primeira coisa a fazer? Sem dúvida, arrumar a cama. O “arrumar”, neste caso, quer dizer deixar o lençol extremamente alinhado e esticado. Depois disso, olhar a lista de tarefas definida por prioridades, com base em quando é o melhor momento para realizar cada uma delas.

 

Organizar

 

No trabalho não perdem tempo com coisas aleatórias. O estudo relata que “as pessoas altamente organizadas não deixam nada para mais tarde, e é isso que as torna tão produtivas”. Relaxar em casa só será possível se a louça estiver lavada e os objetos no lugar, inclusive as almofadas do sofá. A Personal Organizer Tatiana França, revela o que seus clientes sentem mais necessidade de organizar: “são os closets e guarda-roupas”.

 

Quando adquirimos o hábito de “organizar”? Os especialistas afirmam que a maioria desenvolve o hábito depois da adolescência. Já Tatiana França, comenta que a maioria dos seus clientes têm entre 35 e 55 anos de idade. “Em sua maioria são profissionais liberais que não têm tempo de organizar a casa e donas de casa que querem otimizar o tempo”, conta.

 

Organização

 

Ela comenta que após sua consultoria o que mais escuta é "você não organizou só a minha casa, você organizou a minha vida", e os sentimentos mais descritos são: “leveza e liberdade”. Uma rotina organizada faz bem à saúde e mente, por isso o ideal é saber dosar e identificar se a organização é excessiva. Se não for algo sério, organize-se e seja feliz.

 

Fotos: Priscilaboia / Amentemaravilhosa