Beach Class Magazine


Com vista para o mar, casa tem rampa de skate como ponto central

Voltar Por Ana Júlia Luz

Denominada Casa Merello, a residência de 220 m² traz características marcantes da WMR Arquitectos: postes de eucalipto, fachadas de vidro e perfeita adequação entre direção do vento e luz à geografia local. Mas esse projeto é, sobretudo, poético e materializa o sonho de seu proprietário: o núcleo da residência é uma rampa de skate com vista para o mar.

 

 

A casa está localizada na cidade litorânea Pichilemu, a 207 km de Santiago, no Chile. Local pouco urbanizado e com raros vizinhos, é famoso pelos fortes ventos sul que formam ondas gigantes e são suscetíveis a tsunamis, atraindo a atenção de surfistas, como é o caso do proprietário da residência, o cineasta e surfista profissional, Cristián Merello.

 

 

Dada a sua proximidade com a água, os pilares em V suspendem toda a área interna da casa, protegendo-a de marés muito altas ou mesmo do risco de tsunamis. As faces norte e sul são respectivamente tratadas com fechamento de madeira (brises verticais) e de vidro fixo. Limita-se, assim, a vulnerabilidade dos ambientes quanto ao posicionamento do sol durante o ano e quanto ao regime de ventos.

 

 

Para ampliar a visão do mar, as principais vistas foram abertas para o oeste e, desse modo, para o sol poente. Tal disposição permite que o sol penetre nos ambientes nos horários em que está mais quente, possibilitando o aquecimento passivo dos mesmos. Já o sol do amanhecer incide em um dos cômodos dos visitantes, assim como no banheiro e closet do dormitório principal, todos posicionados na face leste da residência.

 

 

Além deste projeto, a WMR Arquitectos conta com outros projetos interessantes, como a Casa Yoga, que, isolada no alto de um morro, proporciona uma bela e relaxante vista do litoral chileno.


Fotos: Divulgação WMR Arquitectos